Cervejaria troca vendas por garrafas plásticas na Semana Mundial dos Oceanos

07/06/2019
Imagem retirada de https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/06/5650133-cervejaria-troca-vendas-por-garrafas-plasticas-na-semana-mundial-dos-oceanos.html
Imagem retirada de https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/06/5650133-cervejaria-troca-vendas-por-garrafas-plasticas-na-semana-mundial-dos-oceanos.html

Cerca de oito milhões de toneladas de plástico chega aos oceanos a cada ano, poluindo esses ambientes e colocando em risco a vida marinha. Com o objetivo de chamar a atenção para a importância do combate a esse problema, a cerveja Corona em parceria com a ONG Parley for the Oceans, iniciou nesta quarta-feira, uma campanha global para comemorar a semana do Dia Mundial dos Oceanos, que é celebrado no sábado. Nesse período, os consumidores poderão pagar por Corona utilizando plástico.

No Brasil, a cervejaria e a ONG Parley instalaram na cidade do Rio máquinas que trocam garrafas plásticas por cervejas. Os equipamentos estão em funcionamento em cinco estabelecimentos da capital fluminense durante o mês de junho.

Para utilizar as máquinas, os consumidores deverão inserir três garrafas plásticas (de 300 ml a 2 l) no equipamento e, automaticamente, receberão um voucher para troca pela cerveja. Todo o plástico recolhido será enviado a uma empresa de reciclagem na capital fluminense.
A iniciativa também acontece em centenas de estabelecimentos – que vão desde pontos de venda a bares – no México, Itália, Espanha e Colômbia. A lista completa dos locais que aceitam o pagamento da cerveja com plástico está disponível em: www.protectparaise.com/paywithplastic.

Ainda como parte da campanha do Dia Mundial dos Oceanos, ao longo de junho, a cervejaria realizará uma promoção na qual na compra de dois packs de cerveja da marca (12 unidades), os consumidores receberão uma ecobag, produzida a partir de plástico reciclado.

“Atualmente, 85% do plástico consumido no mundo não é reciclado e acaba descartado nos oceanos. Isso exige uma atuação imediata de todos se não quisermos que a expectativa assustadora de que até 2050 existam mais plásticos do que peixes nos mares se concretize, acabando assim com nossos paraísos naturais”, afirma Fernanda Federico, gerente de marketing de Corona. “Essa ação de trocar as garrafas plásticas por cerveja foi uma forma que encontramos de interceptar os plásticos antes que eles cheguem ao mar e de também transformar esse material em itens que possam ser utilizados pela população como ecobags”, complementa.

Limpeza dos oceanos
Desde o início deste ano, a marca de cerveja e a ONG estenderam para o Brasil a parceria global, com ações voltadas a proteger os oceanos e praias de todo o mundo. Até o momento, o projeto já promoveu mais de 500 ações de limpeza de praia, com 25.808 voluntários em 23 países.
Suas ações se baseiam em três grandes pilares: evitar o uso de plásticos; interceptar e recolher esses materiais nas praias; e recriar as maneiras, os materiais e o pensamento por trás do plástico. No Brasil, ao longo de 2019, ainda as duas realizarão mais de 20 limpezas de praias e diversas campanhas e iniciativas de conscientização e de mobilização para combater o lixo nos oceanos.

Até o momento, o projeto envolveu aproximadamente 250 pessoas e retirou mais de 300 quilos de lixo de praias de Fernando de Noronha, Rio de Janeiro, e Florianópolis, ajudando a proteger esses paraísos naturais e a propagar a mensagem do projeto e da importância de abraçarmos atitudes mais sustentáveis para garantir um futuro melhor para o nosso planeta.

Fonte: Jornal O Dia