Cerveja está mais barata neste Natal: veja dicas para economizar na compra

05/12/2018
Imagem retirada de https://www.peixeurbano.com.br/sao-caetano-do-sul/valbier/curso-cerveja-artesanal
Imagem retirada de https://www.peixeurbano.com.br/sao-caetano-do-sul/valbier/curso-cerveja-artesanal

Já sob o quentume do verão, as festas de final de ano costumam ser convidativas a serem brindadas com gelados e cristalinos copos de cerveja. Neste ano, a boa notícia aos cervejeiros é que o valor da garrafa de 600ml caiu 3,7% em relação ao ano passado: o preço médio das marcas mais populares está em R$ 4,16, e não mais R$ 4,32 como em novembro do ano passado, conforme pesquisa do IEPE/UFRGS encomendada pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas).

Explica o presidente da entidade, Antônio Cesa Longo, que essa queda se deve à chegada de novas marcas artesanais aos supermercados, que obrigam as grandes fabricantes a baixarem seus preços para se manter competitivas. Não à toa, as vendas para o Natal devem subir 4,8% em relação à mesma data no ano passado, acima dos espumantes (3%).

Como uma garrafa passa longe de matar a sede dos convidados, o estoque precisa ser farto. E o anfitrião que não planejar bem a compra corre risco de acordar com dor de cabeça no dia seguinte — não da ressaca, mas da culpa em ter gastado mais que o necessário. Planejar a compra de bebida para festanças é um baita desafio. Se comprar pouco, há risco do vexame diante dos convidados. Se comprar muito, pilhas de latas e engradados serão uma lembrança do dinheiro desperdiçado.

— Não adianta imaginar quanto cada um irá beber e sair comprando. O certo é conversar com cada convidado, saber se ele vai tomar cerveja, espumante ou se vai ficar só no refrigerante. E então fazer uma lista exatamente do que comprar — explica o consultor financeiro Alfredo Meneghetti Neto, professor de Economia da PUC-RS.

O cálculo básico para uma festa de três horas é que um bebedor exclusivo de cerveja consumirá aproximadamente um litro e meio — ou seja, quatro latinhas ou long necks ou pouco mais de duas garrafas de 600ml. Se beber também refrigerante, a quantidade cai pela metade.

Em festas com garçom, ou que algum convidado se disponha a servir os demais, as garrafas 600ml são a melhor pedida, pois, além de ter melhor custo-benefício no supermercado, são servidas nos copos, reduzindo o desperdício.

Fonte: Gaucha ZH