Cavalo Louco: a Cerveja do Guerreiro!

19/11/2018
Imagem retirada de https://cinemaecerveja.com.br/cavalo-louco-cervejaria-goias-go-df3ea7100280
Imagem retirada de https://cinemaecerveja.com.br/cavalo-louco-cervejaria-goias-go-df3ea7100280

A Cavalo Louco Cervejaria mal chegou aos bares e prateleiras da capital goiana e já ganhou o coração de muitos apaixonados pela cerveja artesanal.

Com as operações iniciadas em 04 de novembro de 2017, a fábrica produz atualmente cerca de 18.000 litros por mês, operando a uma capacidade máxima de até 35.000 litros/mês.

A marca foi inspirada em um grande guerreiro e líder militar da Grande Nação Sioux, da América do Norte. Tȟašúŋke Witkó, o “Cavalo Louco”, viveu em meados do século XIX (1840–1877) e protagonizou grandes batalhas durante o período das Guerras Indígenas Americanas, ganhando o respeito e a admiração inclusive de seus aniversários — atualmente, é uma figura iconográfica da cultura ameríndia.

A cervejaria é regida por dois sócios: Leandro Peres de Lima, Diretor Financeiro, e Pedro Aris Vidal, Sommelier de Cervejas e Mestre em Estilos pela Escola Superior de Cerveja e Malte. Eles estão juntos no mercado cervejeiro desde 2011, com um rock bar inspirado nos pubs londrinos: o Velvet36 (amo!). Em 2014, passaram à distribuição de cervejas especiais com a empresa Jack Beer. Dentre as marcas distribuídas, destacam-se Coruja, Saint Bier, Barco, Dama, Dortmund, Dum etc. Mais tarde um pouco, viria a ideia de iniciar uma produção própria.

Os rótulos e a identidade visual da marca são desenvolvidos por artistas locais altamente conceituados no cenário artístico internacional. Atualmente, a cervejaria conta com cinco rótulos:

- Tatanka — o Bisão Americano (Pilsen): Cerveja leve, refrescante, aroma de pão e cereais. Cor dourada. ABV: 4,5% IBU: 12
- Dakota — o Aliado [Touro Sentado] (Weissbier): Cerveja turva, aroma e sabores esterificados (banana e cravo). ABV: 5,0% IBU:12
- Hamali — o Grande Espírito (American IPA): Cerveja avermelhada, amarga e com aromas de frutas cítricas e floral. Refrescante. ABV: 6,1% IBU: 50
- Wakonda — o Grande Feiticeiro (Imperial IPA): Cerveja alaranjada, alto amargor, alcoólica. Aromas frutados e notas cítricas. ABV: 8,0% IBU: 80
- Tala — o Lobo Solitário (New England IPA): Cerveja turva, corpo médio-alto pela presença de trigo e aveia. Tom alaranjado. Aroma de frutas cítricas e amarelas e amargor medio. ABV: 6,5% IBU: 50

O sócio Pedro Vidal, nosso correspondente, comentou acerca dos planos principais da Cavalo Louco para o ano de 2019. Além de lançar novos rótulos, a empresa buscará a implantação de um sistema de envase de latas e, consequentemente, uma expansão de mercado para outros estados além de Goiás e região. Paralelamente, os sócios procurarão aumentar a participação da cervejaria em concursos de âmbito nacional, visando maiores qualificação e reconhecimento técnicos para a marca.

Por fim, a Cavalo Louco é uma cervejaria que concilia a alta qualidade de seus produtos a preços acessíveis. Para quem ainda não conhece a marca, recomendo muito — especialmente, a Imperial IPA, que se apresenta agradavelmente ao paladar apesar da intensidade alcoólica e do alto índice de amargor. Além do Velvet36, você pode encontrar a cerveja em outros PDVs, como: Escola Brauhaus, Belgian Dash, Território Cervejeiro, Tabu, Nubah, Country Club, Bierre Gourmet, Nativas Churrascaria, JP Steak House, entre outros.